Sistema MES: acelerando o tempo de chegada dos produtos ao mercado com qualidade

Assumindo que o mercado atual exige mais agilidade na entrega de produtos e soluções de qualidade, não é de se espantar que o tempo operacional investido na fabricação tenha que ser reduzido a todo custo.

Assumindo que o mercado atual exige mais agilidade na entrega de produtos e soluções de qualidade, não é de se espantar que o tempo operacional investido na fabricação tenha que ser reduzido a todo custo.

Contudo, essa “fórmula mágica” nem sempre é atingida com facilidade, uma vez que a indústria precisa realinhar suas operações, otimizar processos e trazer tecnologias que consolidam na prática a estratégia comercial bem executada.

Dentre tantas possibilidades, mudanças no planejamento e método de atuação, há um elemento em comum e que permeia a realidade das empresas que alcançaram o sucesso, esse elemento é o Sistema MES. Acompanhe a leitura!

A importância de agir primeiro, mas com a qualidade como bússola!

Toda organização em busca de maior velocidade e escala operacional, e que se esforça para simplificar as operações, certamente fechará mais vendas e crescerá agilmente sobre os concorrentes.

Para se ter uma ideia, grandes empresas, como a Gartner, sugerem fortemente que, indústrias que apresentam a primeira cotação ao cliente, têm maior probabilidade de consolidar o negócio.

Some a isso, a capacidade (de visão atualizada de status e volumes produzidos) dos pedidos em tempo real,  proporcionando a gerência de operações do chão de fábrica, a força competitiva na fabricação guiada pela melhor diretriz, que é o desejo do cliente. Consolidando uma imagem, onde os pensamentos e a atitudes são voltados para a evolução constante do processo.

Em poucas palavras, ter o cliente no centro das operações do chão de fábrica, potencializa a oferta de produtos fabricados com mais rapidez e maior qualidade no mercado, resultando no ganho da confiança do consumidor ao longo do tempo.

Como o Sistema MES é um catalisador do crescimento quando centrado no cliente?

Você sabia que apenas mensurar a agilidade com que um processo é desempenhado usando análises e métricas internas, acaba perdendo o foco de como se destacar na fabricação hoje?

Na realidade, tudo se resume a como os processos de fabricação se equiparam às expectativas dos clientes. Logo, fazer uso dos recursos de um Sistema MES, viabiliza a revolução de qualquer indústria.

Isso porque, conforme o objetivo se destaca em métricas de desempenho espelhadas nas necessidades do cliente, o MES se torna cada vez mais importante, levando à transformação dos resultados fabris.

Sistema MES: 5 formas que o sistema acelera a fabricação e a qualidade

1. A qualidade do produto é peça chave da confiança do cliente.

Não há outro aspecto das operações de fabricação mais valorizado do que a qualidade do produto e serviço. Analisar como substituir velocidade e conveniência por qualidade, pode oferecer relacionamentos de longo prazo com os consumidores.

O software MES deve ser a base para conduzir a qualidade em todo o chão de fábrica, já que a ferramenta se torna essencial para se preservar a competitividade no mercado atual.

Na verdade, o “pulo do gato” está em equilibrar a flexibilidade operacional com as diretrizes de qualidade esperadas por cada cliente e em cada cenário.

Neste sentido, não há mistério, afinal, apenas com a coleta de dados, será possível a análise e diagnósticos mais assertivos quanto aos motivos que impedem o equilíbrio entre os fatores velocidade e qualidade.

2. O gestor pode focar nas expectativas do cliente, alinhando aos ciclos produtivos

Em seu nível mais básico, o software MES foi desenvolvido e projetado para orquestrar cada processo de produção em seus detalhes, da forma mais eficiente possível, objetivando a entrega do produto com a mais alta qualidade.

O software tem potencial para mensurar o desempenho do envio em cada pedido, fornecendo insights sobre quais pedidos foram adiantados e entregues antes do prazo acordado, bem como daqueles que ainda estão dentro do prazo.

Isso permite que a indústria se mova na velocidade que os clientes esperam. Para os gestores e líderes, a tecnologia proporciona:

  • Gestão dos tempos do ciclo de produção.
  • Maior segurança ao cumprimento das datas limites.
  • Mensuração da capacidade de resposta fabril.
  • Ampla conformidade aos novos padrões de produção.

3. Equilibra a capacidade de produção e a qualidade absoluta

Atualmente, nenhum modelo de fabricação fica em “inércia”, visto que estão em um estado contínuo de evolução e transformação. Tudo para projetar as necessidades dos clientes e atender a cada especificidade operacional.

Novas oportunidades surgem da personalização de produtos e serviços e o potencial para lançar linhas inteiramente novas de produtos está acontecendo enquanto criamos este conteúdo.

Aproveitar ao máximo tais oportunidades de crescimento ao diagnosticar gargalos, é uma condição inerente na qual os sistemas de execução de manufatura contribuem para o crescimento qualitativo da organização.

Quando o sistema MES é implementado com assertividade, as indústrias passam a identificar áreas sujeitas a melhorias que precisam ser abordadas rapidamente.

Inclusive, se torna viável reconhecer a melhor forma de produzir novas linhas de produtos que impulsionam o crescimento das receitas. Afinal, esse insight é fruto do alinhamento às diretrizes apresentadas pelos clientes.

4. A integração que favorece a criação e fortalecimento de novos processos

Na típica indústria brasileira, assumimos que cerca de 70% das novas receitas são geradas durante a apresentação de novos produtos. Muitas vezes, parte dos fabricantes não percebe o potencial para receita dos lançamentos de produtos devido:

  • Falta de previsões.
  • Baixo controle de fornecedores.
  • Engessamento do fluxo de trabalho, agendamento de produção e qualidade

Isso porque, processos como esses acabam desconectados uns dos outros. Um dos aspectos mais valiosos da integração das operações do chão de fábrica, são os lançamentos de produtos com maior lucratividade a que essa decisão leva.

Ter uma abordagem integrada para o desenvolvimento de produtos inovadores mantém os ciclos de vida do produto dentro do prazo esperado. Alivia também os gargalos que limitam o desenvolvimento de produtos que transformam projetos.

Como resultado, temos maior velocidade, menor complexidade, escala do novo processo de desenvolvimento e apresentação de novos produtos são alcançados.

5. Maior visibilidade operacional e de desempenho em tempo real no chão de fábrica

Considerando a necessidade de traduzir resultados operacionais em andamento em relatórios financeiros, o sistema MES enriquece a base de conhecimento dos gestores quanto ao desempenho e eficiência atuais, fatores que contribuem para a gestão financeira.

Essa realidade é um desafio às indústrias, especialmente porque os padrões contábeis e de custeio variam em cada linha de produto e unidade do negócio.

O software, portanto, interpreta dados operacionais do chão de fábrica, a fim de reportar finanças à alta gerência.

Em modelos de negócios conhecidos por rápidas curvas de estoque e produtos considerados commodities, isso é crucial para preservar rentabilidade e crescimento.

Para produtos e serviços de alta margem, isso ajuda a gestão a definir melhores posições de investimento na produção e na prestação de serviços para o retorno positivo.

Diante de todas essas vantagens e mudanças proporcionadas pelo Sistema MES, consegue fazer uma projeção dos resultados viabilizados pela tecnologia?

Em caso de qualquer dúvida, a Equipe GTR está à disposição para auxiliar da melhor forma possível o crescimento escalável da sua indústria. Acesse para saber mais!

Solicite uma demonstração
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Central de Atendimento: 11 3467-0230
Av Marquês de São Vicente, 2219 Cj. 201 N
Perdizes - CEP 05036-040
© GTR 2017. Todos os Diretos Reservados.